Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 26 de dezembro de 2009

Sei Lá

Imagina só,como pude eu,
logo eu que nunca fui disso,
gostar tanto assim de alguem ??
puta coisa mais estranha,
meio que corrói a entranha.
arde no inicio e arde no final
a principio queima de tanto calor,
cheio de fulgor e rima com amor.
já no final queima de rancor
e como se existisse uma flecha
o peito grita agonizando de dor.
Como pode um mundo cheio de cores
de estrelas num céu sem teto
que reluziam fazendo amores
acabar num rabisco de branco e preto?
Será que é mesmo sensato
fechar os olhos e seguir pelo tato?
eu que com vc só conhecia alegria
sem te ter passei a ser melancolia
mas esse mundo dá muita volta
as vezes passa por cima da gente
faz de tudo, gera uma revolta
o tempo passa e vc nem sente
e então meio que de repente
a ideia repercute na mente
quem dera eu fosse por espaço
e então pudesse morar na lua
quem dera eu fosse feito de aço
e largasse o coração pra viver na rua

Nenhum comentário:

Postar um comentário