Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Inversão

É só ficar 3 minutos sem respirar que você descobre que o que importa na vida não é dinheiro, e sim ar!

sábado, 9 de janeiro de 2010

{...}

Corre rápido, voa alto, vai longe. Vive, espírito livre. Seja. Deseje esperança. Não cansa. Imortal. Amoral. Atemporal. Essência. Internamente sorridente. Só. Único, singelo, singular. Vá encontra teu lugar. Não fique a vagar. Esse mundo é pouco pra tua alma. O amor é só tristeza pra você que deseja infinidades de sentimentos. Vai correndo. Corta o vento. Muda! Muda esse mundo mudo. Palavras não te servem. Só palavras não descrevem. Desarruma a frase. Troca a ordem das letras. Muda o sujeito e o verbo. Sujeite-se a mudar. Floresça em muitas primaveras. Descanse nos verões. Reflita nos invernos. E reinvente-se nos outonos. Cresça, apareça, levanta a cabeça. A vida é bela. A vida não é ele ou ela. Seja ar, terra, fogo e água. Ser feliz sem mágoa. LIBERDADE. Inventa. Afinal quem é dono da verdade? Faz aquilo que tem vontade. Você é quem quiser. Homem ou mulher. Construa histórias. A vida não é feita apenas de vitórias. Vai lá. Vai tomar o que é seu por direito. Poe pra fora o que tem no peito. Seja antítese, elipse, metáfora. O mundo está ai fora. A espera de quem estiver disposto. A sentir o vento no rosto. Sem se preocupar com desgosto. A vida é caótica, sem regras. Precisa somente existir. Felicidade, tristeza, vida. São apenas palavras. Até mesmo esse texto. Não passa de retórica. Apenas letras organizadas em seqüência. Não tem essência. A questão é subjetividade, criatividade. Reinventar é a chave. Daí surge a arte. O difícil é descobrir o caminho. Mas para tal é preciso coragem. Então vai! Porque não se trata de ganhar ou perder. Tudo é arte. E aprender é a melhor parte.

Pessoas e Reflexos!

Decepções! Por que diabos elas existem? Não sei, e caso alguem saiba me diga. Mas consegui em uma visão limitada, como todas, enxergar um pouco o por quê elas acontecem. A resposta? Te digo: Reflexos. O que? Mas como asim reflexos? Calma lá que eu explico.. Minhas decepções e provavelmente isso se aplique a de todos foram causadas por reflexos. "?" Exatamente isso. Quando fazemos algo e esperamos uma certa reação, na verdade, projetamos aquilo que gostariamos que acontecesse. Por exemplo, se dou um passo a frente o faço pois espero me locomover. Da mesma maneira, quando nos relacionamos, amor, amizade, familia, etc., agimos de certa forma e esperamos ser correspondidos da forma que imaginamos. E é justamente ai que está o tal do reflexo de que falo. Nos decepcionamos com pessoas, com situações e com tudo mais pois enxergamos a nós mesmos em outros. Na verdade, ninguém pensa igual, logo, não se deve esperar que aja igual. Criamos uma espécie de espelho na frente das pessoas e não conseguimos enxergá-las de fato. Enxergamos a nós mesmos. Se pararmos de enxergar espelhos e começarmos a enxergar as pessoas como são, e não como queremos que sejam, não nos decepcionaremos. O erro está na projeção de nós que é externada a indivíduos alheios. Hoje passei a ver pessoas e não reflexos. Não sou desesperançoso, apenas bati a cara numa porra de espelho e ele quebrou. E quando quebrou eu vi o que tinha por trás. E sabe o mais legal? não foi uma decepção quebrar o espelho. Foi a melhor coisa que poderia ter acontecido. Até porque uma hora o sol bate no espelho e se você estiver olhando pra ele o reflexo machuca seu olho. Há! Não é tão ruim pensar assim né?